RECONHECIMENTO

Comendador Joaquim de Sousa Oliveira

Vizelense bairrista, grande industrial, benemérito e filantropo, o Comendador Joaquim de Sousa Oliveira deixou na Real Associação de Bombeiros Voluntários de Vizela, grande saudade e elevada estima.

Em 1942 tomou posse como Presidente da Direção da Real Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vizela, cargo que ocupou até 24 de Fevereiro de 1948.

É sob a sua direção, em 1944, que no 67º aniversário dos Bombeiros Voluntários de Vizela é dada a boa nova da construção de um novo quartel.

“O Presidente benemérito das casas de caridade da nossa terra, já benemérito também dos bombeiros, Sr. Joaquim de Sousa Oliveira, abriu uma subscrição para tal efeito, com a oferta de vinte mil escudos. Este benemérito não é de muitas falas mas sim de grandes obras. Deus lhe dará o pago.”

Para além de dedicar aos Bombeiros de Vizela o seu tempo, atenção e preocupações, é também um seu grande benemérito, tendo suprido muitas das necessidades da instituição, nomeadamente em termos de veículos e recursos económicos.

A sua simplicidade e humildade sobrepunham-se contudo aos seus gestos magnâninos, tendo mesmo pedido para permanecer anónimo aquando da oferta de uma ambulância.

É a 26 de julho de 1959 que a Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vizela homenageia o seu grande benemérito Joaquim de Sousa Oliveira.

A direção e o seu presidente José Luís de Almeida e um piquete de bombeiros, em casa do homenageado, entregaram-lhe o diploma de sócio benemérito e ainda a medalha de ouro duas estrelas da Liga dos Bombeiros Portugueses.

Faleceu a 30 de março de 1969, na sua Casa no Cruzeiro do Sul, com 72 anos de idade.

A família do saudoso benemérito Joaquim de Sousa Oliveira, em outubro de 1971, oferece à Real Associação de Bombeiros Voluntários de Vizela um terreno para a construção do seu quartel, conforme seu desejo, cuja inauguração se verifica em 1988.

Na entrada principal do quartel, está gravado o seu nome – Comendador Joaquim de Sousa Oliveira, para recordar a todos a sua ligação especial com os Bombeiros de Vizela e a sua casa, que será para todo o sempre a sua casa também.

 

Eterno Reconhecimento

2020.03.01

A Direção e o Comando da RAHBVV

FALECIMENTO

Vimos por este meio, informar o falecimento do Sr. António Carlos Pinto Fernandes, secretário suplente do atual Conselho Fiscal. Fez parte de vários Órgãos Socias desde 2001 até ao momento. Foi desde sempre fotógrafo oficial dos soldados da paz vizelenses. Homem simples e amigo do seu amigo, emérito membro de várias associações filantrópicas, ficará para sempre nos nossos corações.  Encontra-se em câmara ardente no Salão Nobre da Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vizela, a partir das 16H de hoje. O funeral será realizado amanhã, Sexta- Feira, dia 28 de Fevereiro, pelas 15:30 horas, saída do Quartel para a igreja de S. Miguel das Caldas de Vizela, após as cerimónias fúnebres será sepultado no cemitério de S. Miguel das Caldas.

Descansa em paz, bombeiro sem farda.

A Direção – O Comando

NOTA DE FALECIMENTO

É com profunda tristeza e sentido pesar, que damos a conhecer o falecimento do senhor António Carlos Pinto Fernandes, membro do actual Conselho Fiscal dos Corpos Sociais da Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários Vizela e que era também o fotografo oficial de há 40 anos a esta parte, dos soldados da paz vizelenses.  Homem simples e amigo do seu amigo, emérito membro de várias associações filantrópicas, ficará para sempre nos nossos corações. Neste momento de dor, endereçamos à família enlutada, amigos e companheiros, as sentidas condolências pela perda do seu ente querido. De momento, não dispomos ainda de mais informações, que logo serão confirmadas.

Descansa em paz, bombeiro sem farda.

A Direção – O Comando

FALECIMENTO

É com profundo pesar que informamos o falecimento do Subchefe do Quadro de Honra, José Maria Machado da Costa Leite. 

José Maria Machado da Costa Leite, ingressou no Corpo Activo da Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vizela, aos quinze dias do mês de agosto do ano de 1965, foi promovido bombeiro de 3ª no dia doze de maio do ano de 1968 e a bombeiro de 2ª aos catorze dias do mês de maio do ano de 1978, a bombeiro de 1ª aos cinco dias do mês de maio do ano de 1995, ingressou no Quadro de Honra com o posto de Subchefe aos quatro dias do mês de março do ano de 1996.

Na sua ilustre carreira esteve no Quadro Ativo da Real Associação, durante trinta anos seis meses e vinte e nove dias. Mesmo no Quadro de Honra sempre foi um voluntário de excelência no apoio incondicional ao comando e à Real Associação, manifestando sempre a disponibilidade para ajudar.

Pela forma brilhante e incontestável, na sua carreira de bombeiro voluntário foi reconhecido e medalhado por diversas vezes, quer pela Real Associação quer pela Liga dos Bombeiros Portugueses, com registo de vários louvores pelos bons e efetivos serviços.

Homem simples e amigo, o que o distinguirá para sempre, pela sua forma de ser e estar nos bombeiros, e pelos bombeiros. Um verdadeiro exemplo a seguir por todas as gerações, do que é ser BOMBEIRO.

 Alguém que lutou sempre pela vida dos outros e que, infelizmente, se sentiu debilitado na necessária luta pela sua vida.

Neste momento de dor, endereçamos à família enlutada e amigos, as sentidas condolências, pela perda de seu ente querido.

Descansa em Paz

 

O corpo estará em câmara ardente no salão nobre do quartel dos Bombeiros a partir das 14:00 horas de sexta-feira dia 6 de dezembro.

O funeral será  realizado no sábado dia 07, pelas 14:00 horas do quartel dos bombeiros seguindo o cortejo fúnebre (automóvel)  para a igreja de Stª Eulália, Vizela onde se realizará a missa de corpo presente e sepultado no cemitério da mesma freguesia.