Peditórios cancelados

A Direção da Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vizela informa que estão cancelados todos os peditórios porta a porta, em nome da instituição, devido às medidas de contingência no âmbito da propagação da pandemia da Covid-19. Como tal, qualquer ação que se assemelhe é falsa e deve chamar de imediato as autoridades.

CONDOLÊNCIAS

A Direção e o Comando em nome da RAHBVV, vêm por este meio apresentar o sentido pesar ao Dr. Vítor Hugo Salgado, Presidente da Câmara Municipal de Vizela pelo falecimento da sua avó, senhora Dª Maria Joaquina da Silva Ferreira, emérita Vizelense.

Neste momento difícil de dor e consternação, endereçamos assim a toda a família enlutada, as sentidas condolências, pela perda de seu ente querido e manifestamos todo o nosso sentimento de grata e eterna admiração, em jeito de singela homenagem.

A Direção e o Comando – RAHBVV

COMUNICADO COVID-19

Bombeiros V. de Vizela emitem comunicado sobre o COVID-19

O comando do Corpo de Bombeiros Voluntários de Vizela vem pelo presente meio, fazer um comunicado à população em geral, sobre a Pandemia do SARS-CoV-2, chamado de Covid-19.

Os bombeiros não estão autorizados a realizar transportes de utentes com suspeita de infeção com o vírus Covid-19. Neste momento, seguindo as diretrizes da DGS, apenas determinados meios do INEM e da Cruz Vermelha estão autorizados a realizar esses transportes.

Já aconteceu, e poderá voltar acontecer, os bombeiros estarem numa ocorrência com um utente suspeito, e serem desmobilizados pelo CODU após passagem de dados.

Os bombeiros seguem as indicações da central CODU/INEM e da ANEPC que, nesta fase, os nossos procedimentos são esses.

Tal como toda a população, a titulo de exemplo, na eventualidade de um bombeiro estando no quartel e apresentar os sintomas Covid-19, será imediatamente encaminhado para a sala de isolamento no quartel, conforme o plano de contingência aprovado, e seguirá os procedimentos normais através das indicações da linha de saúde 24. Em caso de transporte o bombeiro será transportado pelos meios destacados para esse fim. Como já referido, no momento não são os bombeiros a fazê-lo.

Reforçamos a informação de que quem apresentar os sintomas de Infeção respiratória aguda (febre, tosse ou dificuldade respiratória [opressão pulmonar]), sem outra etiologia que explique o quadro, necessitando ou não hospitalização, e se, a estes sintomas, se associar história de viagem ou residência em áreas com transmissão comunitária ativa nos 14 dias antes do início de sintomas OU Contacto com caso confirmado ou provável de infeção por COVID-19, nos 14 dias antes do início dos sintomas OU Profissional de saúde ou pessoa que tenha estado numa instituição de saúde onde são tratados doentes com COVID-19 são considerados como suspeitos, devem proceder ao contacto telefónico com a linha saúde 24 através do contacto 808 24 24 24 e seguir as indicações.

 

Contamos com a colaboração e compreensão de toda a população.