Poderá ocorrer um grande sismo em Vizela?

Setembro 20, 2017 por  
Categoria: Noticias

Um sismo ou terramoto é um abalo de terra provocado por um complexo fenómeno geológico. Os sismos ocorrem com mais frequência em determinadas zonas instáveis do nosso planeta, como por exemplo, o arquipélago dos Açores.
Vizela e todo o Norte de Portugal encontram-se numa zona estável e de fraco risco sísmico, isto quer dizer que, historicamente, não há registo de grandes sismos a afetar a região, sendo pouco provável que se verifique um sismo de grande magnitude. Contundo, a 1 de novembro de 1755, um grande sismo afetou a zona Centro e Sul do país, destruindo quase que por completo a cidade de Lisboa.
É impossível prever o local, a data e a magnitude de um sismo, pelo que é importante conhecer comportamentos simples que devemos adotar em caso de sismo, mas que podem salvar vidas. Podemos estar em qualquer lado quando começa um sismo: em casa, na rua, na escola, no trabalho ou mesmo de férias. Será que estamos preparados para enfrentar uma situação de sismo e recuperar dela rapidamente? O que fazer?
Caso ocorra um sismo existem três gestos que devemos tomar e que poderão salvar vidas: BAIXAR, PROTEGER e AGUARDAR.
Durante o sismo deve baixar-se sobre os joelhos, posição que evita cair durante o abalo de terra.
Proteger a cabeça e o pescoço com os braços e as mãos, se possível, ou debaixo de uma mesa, de forma a evitar que objetos o possam atingir.
Por fim, aguardar até que a terra pare de tremer.
Após o sismo deve assumir uma postura calma e colaborar com os agentes de proteção civil, mas sem por a sua segurança em causa. Deve seguir as instruções que lhe forem fornecidas por esses agentes de forma a facilitar o socorro.
Caso se encontre numa zona próxima da praia deve estar atento à possível formação de um tsunami (onda gigante que se forma após um sismo). Esteja atento às indicações dadas nesse local e procure o local alto e afastado da praia.
Não se esqueça dos 3 gestos que podem salvar vidas: Baixar, Proteger e Aguardar!

Comentários