“O assassino invisível”

Em situações de incêndio urbano, industrial e florestal, a maioria das pessoas automaticamente relaciona as mortes e os ferimentos com as queimaduras causadas pelo fogo. Entretanto, a principal causa de morte e necessidade de internação hospitalar de indivíduos expostos a incêndios ocorre devido aos problemas causados pela inalação de fumo. Cerca de 80% dos óbitos são por inalação de vapores e produtos químicos, principalmente monóxido de carbono (CO), dióxido de carbono e cianetos. Ler mais